Dores de cabeça

7 problemas que podem causar dores de cabeça

As dores de cabeça são condições extremamente comuns. A maioria das pessoas sente em algum momento da vida, certo? Essas dores geralmente desaparecem por conta própria (depois de um tempo) ou com a ajuda de analgésicos leves.

Elas podem assumir várias formas, por exemplo: cefaleia tensional, enxaqueca, cefaleia nos seios da face etc. Em casos raros, podem indicar um distúrbio mais sério que requer atenção médica imediata.

Confira neste artigo quais são os problemas que podem causar esse problema!

Causas

Dores de cabeça podem ser desencadeadas por vários fatores. Estresse ou tensão prolongada são as causas mais comuns!

Além disso, vários outros fatores psicológicos, como ansiedade e fadiga (por exemplo, fadiga ocular) podem ser os causadores.

Sintomas e complicações

As cefaleias tensionais geralmente causam uma pressão constante que causa uma “dor latejante” em toda a cabeça. Na maioria dos casos, a dor se instala lentamente e se concentra acima dos olhos. Uma sensação de aperto aparece na testa ou na nuca.

A dor é de leve a moderada e não piora quando você se esforça. Pode persistir por horas ou dias e geralmente melhora quando a fonte de tensão é aliviada.

Por outro lado, o outro tipo de cefaleia ocorre em salvas e a dor dura entre 15 minutos e 3 horas cada. Geralmente, começam durante o sono e podem ser muito graves.

Por fim, a intensidade de uma enxaqueca pode variar de leve a grave. Frequentemente, aparecem em um só lado da cabeça, mas às vezes podem afetar os dois.

O foco, a duração e a intensidade da dor variam muito de pessoa para pessoa e de tempos em tempos.

A enxaqueca geralmente causa dor na forma de pulsações e vem acompanhada por outros sintomas, como náuseas, vômitos, visão turva e hipersensibilidade à luz, ruído e odores. Costuma ser tão intensa e debilitante que a pessoa precisa abandonar suas atividades diárias normais.

Embora às vezes as dores de cabeça sejam dolorosas e debilitantes, geralmente não são causadas por problemas médicos graves. No entanto, ocasionalmente indicam um distúrbio mais sério. É importante procurar um médico quando a dor de cabeça:

  • aparecer repentina e muito intensamente;
  • for acompanhada por convulsões, distúrbios psicológicos e perda de consciência;
  • for acompanhada por deficiência funcional neurológica (por exemplo, perda de equilíbrio, fraqueza, dormência ou dificuldade para falar) e visão dupla;
  • associar-se a náuseas e vômitos persistentes ou alterações na visão;
  • piorar em um período de dias ou semanas;
  • destacar-se das dores habituais;
  • estiver associada a febre ou torcicolo.

Problemas que podem causar dores de cabeça

Quando as dores de cabeça são frequentes e intensas, o médico verifica se há condições graves que podem ser fatais, como por exemplo:

  1. Encefalite (inflamação do cérebro).
  2. Meningite (inflamação das membranas ao redor do cérebro e da medula espinhal), muitas vezes devido a uma infecção.
  3. Depressão.
  4. Sífilis.
  5. Hemorragia ao redor do cérebro.
  6. Derrame.
  7. Câncer.

Além disso, quando uma pessoa notar uma mudança na natureza dessas dores de cabeça, é melhor consultar o médico. Normalmente, a história do paciente e um exame físico detalhado ajudam a diagnosticar.

O registro da frequência e intensidade das dores de cabeça, o que as pode ter desencadeado e os medicamentos tomados também podem ajudar no diagnóstico. Em alguns casos, uma tomografia computadorizada ou sistema de ressonância magnética pode ser feito para descartar causas graves.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais sobre a Clínica da Dor em Santarém.

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe