dores de cabeça

Conheça as principais causas de dores de cabeça

A cefaleia ou dores de cabeça, como é conhecida, é um dos sintomas que mais estão presentes na população. Essa condição é multifatorial, ou seja, pode ser causada por diversos fatores completamente distintos.

Você conhece as causas mais comuns de dores de cabeça? Então, não deixe de ler este texto.

Dores de cabeça: quais são as principais causas?

Neste post, falaremos sobre os principais fatores responsáveis por provocar esse sintoma. Confira!

1) Estresse

O estresse é um dos mais comuns agentes causadores desse sintoma. A cefaleia tensional funciona como uma resposta física do corpo ao excesso de tensão. Embora seja incômoda, esse tipo de dor de cabeça é de fácil tratamento, bastando apenas analgésicos, compressas frias ou técnicas de relaxamento.

2) Problemas de visão

A presença de erros de refração, como astigmatismo, hipermetropia e miopia, não diagnosticados e/ou não tratados também pode causar a dor de cabeça. Isso porque a dificuldade de enxergar objetos faz com que o indivíduo force a vista, causando um esforço excessivo na região.

3) Calor e desidratação

O calor excessivo e a baixa ingestão de água pode causar fortes dores de cabeça. Nosso organismo depende da hidratação para funcionar corretamente. Sem água, ele fica desidratado, o sangue perde volume e menos oxigênio chega ao cérebro.

Assim, para evitar esse tipo de situação, esteja sempre atento aos sinais enviados pelo corpo, tais como, a boca seca e a urina amarelada. O padrão estabelecido pelas autoridades de saúde é de beber, pelo menos, dois litros de água por dia para mulheres e quatro litros diários para os homens.

4) Anemia

A anemia é uma doença caracterizada pela deficiência de glóbulos vermelhos no sangue, o que dificulta o transporte de oxigênio para o corpo. Geralmente, é provocada pela baixa quantidade de vitamina B12 ou de ácido fólico. Além da cefaleia, a anemia também provoca fadiga, fraqueza e falta de ar.

5) Doenças respiratórias

As doenças respiratórias, como a sinusite, também podem provocar dores de cabeça frequentes. No caso dessa patologia, há uma inflamação dos seios nasais, causando dor ao redor do nariz e em volta dos olhos, congestão nasal, tosse e febre.

6) Bruxismo

O bruxismo é uma condição caracterizada pelo ato involuntário de apertar ou de raspar os dentes enquanto dorme. Esse comportamento pode alterar o posicionamento da articulação da mandíbula e causar a cefaleia crônica.

7) Alterações hormonais

As alterações hormonais, mais comum nas mulheres, podem trazer diversas mudanças de comportamento e muitos desconfortos. Além da famosa irritabilidade da tensão pré-menstrual (TPM), a enxaqueca também é uma sintoma presente nestes períodos. Isso ocorre poque há uma mudança brusca nos níveis de estrogênio, deixando o organismo mais vulnerável.

8) Tumor cerebral

Em casos graves e raros, a dor de cabeça frequente pode ter origem em tumores cerebrais, que podem ser benignos ou malignos. Porém, quando estão em estágio avançado, apresentam outros sintomas que são mais evidentes.

9) Alimentação

Existem alguns alimentos que possuem substâncias que disparam o gatilho da dor, como é o caso do chocolate, café, chá preto, embutidos, queijos amarelos, álcool, molho shoyu, cebola, alho e frutas cítricas.

Enfim, essas são apenas algumas das diversas causas de cefaleia. Então, se a dor de cabeça ocorre de forma frequente, é mais intensa que o habitual, surgiu repentinamente ou que impede a realização de atividades cotidianas, procure um médico.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais sobre a Clínica da Dor em Santarém.

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe